Diante da minha vivência prática em assuntos societários, M&A e venture capital, tenho me deparado com diversas situações que resultam no desinteresse do investidor em aportar capital nas empresas.

Sendo assim, decidi formatar esse post para abordar o tema e expor como o empreendedor pode se precaver e evitar não afastar investidores.

Faça uma boa leitura!

1. Baixo nível de formalidade

Quando se trata de angel investor (ou investidor anjo) investindo em negócios super incipientes, é difícil falar em formalidade.

Contudo, é muito importante entender que para alguém colocar capital em um negócio, se faz necessário ter a segurança de que: o que está sendo feito na empresa está refletido nos balanços, isto é, nos números.

Por exemplo, é inadmissível que o empreendedor esteja utilizando o dinheiro do caixa da empresa para pagar contas pessoais.

2. Confusão Patrimonial

Desse modo, práticas que terminam por confundir o patrimônio empresarial com o patrimônio da pessoa física (resultado do baixo nível de formalidade), são reflexos do amadorismo da gestão implementada pelo empreendedor que pode afastar o interesse no negócio.

3. Rejeição a controles internos e formalização de contratos

Ressalte-se que o investidor precisa que o empreendedor perceba a importância da formalização e profissionalização do negócio, e se mostre receptível, construindo essa cultura ao longo do tempo.

As seguintes frases ditas por empreendedores afastam completamente o interesse do investidor:

a) “É muita burocracia”;

b)“Não tem pra que realizar todos esses contratos”,

c) “Pra quê realizar tanto controle”;

d) “Deixe que eu organizo do meu jeito”;

4. Práticas contábeis “criativas”

Manter prática a contábil organizada e afastar aquelas heterodoxas ou “criativas”, é de suma importância para que o investidor perceba que o negócio é organizado, profissional e que de fato reflete aquilo que o empreendedor tem narrado.

5. Respeito as normas legais

Além disso, o investidor analisará as práticas legais aplicadas pelo empresário, por exemplo, trabalhista, fiscal, contratual, societárias, etc., com intuito de observar se há possibilidade de futuramente haver processos judiciais e contingenciamentos.

6. Investir para quitar dívidas

Outra situação típica é a procura de um investidor para quitar dívidas.

O indivíduo que procura um investidor quando a empresa está muito endividada, deve estar ciente de que essa situação não é nada agradável, apesar de ser comum.

Vamos fazer a seguinte reflexão:será mesmo que o investidor terá o interesse em aportar capital em uma empresa que chegou a um ponto de endividamento descontrolado, ao risco de distress? ou, através de uma gestão amadora e desorganizada levou a empresa a uma situação difícil? 

Ora, mesmo tendo um bom produto ou serviço, não essas situações não são atraentes para o investidor.

Além disso, visualizando a parte do valuation nesse cenário, o negócio estando em péssimas condições, valerá praticamente 0, ou quase 0. Logo, o investidor que aportar dinheiro se tornará controlador do negócio, o que poderá resultar em um conflito de interesses.

Importante destacar que existem fundos especializados em distress que procuram especificamente empresas com dificuldades, buscando renegociar as dívidas, cortar custos, melhorar a gestão, demitir funcionários improdutivos (haircut). Essa negociação geralmente se concretiza através do processo de Recuperação Judicial, para evitar sucessão empresarial.

Portanto, diante da abordagem desse post, é possível visualizar pontos em que o empreendedor deve se atentar para evitar que afaste o interesse de potenciais investidores.

Gostou da nossa publicação? Deixe seu comentário!

Qualquer dúvida fique a vontade para entrar em contato que eu responderei com maior prazer.


Kim Medeiros

Kim Ferreira de Melo Medeiros, Bacharel em Direito pela UNIRN, Consultor Jurídico e Advogado pós-graduando em Direito Societário pela Faculdade Brasileira de Tributação, membro da Comissão de Direito Empresarial da OAB/RN, da CDL Natal/RN e da Rede Potiguar de Mentores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese (Brazil)
pt_BRPortuguese (Brazil)